quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Paulo Câmara e mais três políticos do PSB Pernambucano investigados no STF por irregularidades na Arena Pernambuco


O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), o prefeito reeleito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), o deputado federal Tadeu Alencar (PSB) e o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) estão sendo investigados no Supremo Tribunal Federal (STF) por suposto envolvimento em ilicitudes no superfaturamento da Arena de Pernambuco, construída para a Copa do Mundo de 2014 no município de São Lourenço da Mata pela construtora Odebrecht. Os nomes dos socialistas vieram à tona após a revista Istoé ter acesso a documentos despachados pelo Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot.

No despacho, Janot determina à PF a realização de uma nova perícia contábil para apurar o dano ao erário proveniente dos contratos e o depoimento de quatro colaboradores, sendo dois da Odebrecht (Maria Lúcia Tavares e Angela Palmeira Ferreira) e dois da Andrade Gutierrez (Clóvis Primo e Rogério Nora de Sá).

A delação de Marcelo Odebrecht, executivo da empreiteira, poderá ser homologada ainda neste mês e trazer ainda mais clareza às investigações. Todos os políticos citados, exceto Geraldo Júlio, receberam doações das empreiteiras relacionadas durante o período eleitoral. Os socialistas pernambucanos, na época da construção da Arena, faziam parte da Parceria Público-Privada (PPP) para construção do empreendimento e faziam a festa com o dinheiro público. 

O caso foi desmembrado e está sob a relatoria do ministro Teori Zavascki, no STF, e a cargo da Justiça Federal de Pernambuco, que irá apurar o envolvimento de empresários no esquema. No supremo, tudo segue em sigilo.

Trecho extraído do JC Online.

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

VENDO 3 CHÁCARAS

Imagem meramente ilustrativa. 


Ótima oportunidade para residir ou laser. Medindo aproximadamente 7.000m², toda cercada, com bastante fruteiras, água encanada e energia elétrica. Há 1 Km da BR 423 pelo acesso a Vila de Santa Rita e localizando-se no entroncamento para o Pesqueiro São Luiz na Sambaíba, Município de Brejão-PE. Tratar pelos fones: (87) 3761.1088 ou (87) 9.9960.5500. Preço a combinar. 

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

TRF5 arquiva denúncia contra envolvidos da Operação Turbulência.


Por uma questão formal, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) arquivou a denúncia de formação de uma organização criminosa contra todos os envolvidos na Operação Turbulência. Com a decisão da Segunda Turma do TRF, não há no momento nenhuma acusação formal contra os empresários, segundo a defesa. O Ministério Público Federal (MPF) ainda pode apresentar uma nova acusação mais a frente.

A defesa alegou que o MPF errou ao denunciar os empresários pela organização criminosa, sem acusá-los também por lavagem de dinheiro. O TRF entendeu que não pode haver organização criminosa sem outro crime que a justifique. Para a defesa, o pedido buscava apenas manter a prisão preventiva contra os empresários. Um novo inquérito aberto pelo MPF investiga mais detalhes sobre a suspeita de lavagem de dinheiro.

A Operação Turbulência investiga a formação de uma organização criminosa para lavagem de dinheiro. O esquema teria financiado campanhas do PSB. Os recursos teriam ajudado a financiar o avião usado na campanha presidencial do ex-governador Eduardo Campos.

Os empresários Apolo Vieira, João Carlos Lyra Pessoa, Eduardo "Ventola" Freire Bezerra Leite, Arthur Roberto Rosental foram detidos em junho, mas todos já estão em liberdade, após um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal (STF). Um dos alvos da operação, Paulo César Morato foi encontrado morto em um motel de Olinda após ingerir chumbinho. A delegada Gleide Ângelo, da Polícia Civil, concluiu que a morte foi suicídio.

A denúncia do MPF cita o ex-governador Eduardo Campos e o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) como "clientes" do esquema. Como tem foro privilegiado, o senador não é alvo da denúncia. Segundo o socialista, as alegações da denúncia são "absolutamente imprecisas".

COMENTÁRIOS

POR ALBERTO,09/11/2016
O povo tem o que merece... estão encobrindo os podres da Família Campos para fazer a casadinha de Paulo para Renata Campos ...em 2018.... estão preparando o circo para eles assistirem muito bem acomodados com a grana da arena Pernambuco, cidade da copa, da refinaria, brts, o show dos palhaços de Pernambuco : O POVO .... QUE JA COMEÇOU DE NOVO COM GERALDO....

POR ISSO É BRASIL! JUSTIÇA SÓ PARA ALGUNS!,08/11/2016

Essa é a justiça brasileira! É................só mesmo o povo de Pernambuco para erradicar do poder o PSB em 2018, pois não esperemos que o judiciário ou legislativo venham a fazer. Enquanto isso, vamos pagando as contas da Arena de Pernambuco, Cidade da Copa, BRTs...........e outras obras inconclusas ou desnecessárias aos pernambucanos!
Do JC Online

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Agropecuária Bezerra

Agropecuária Bezerra marcou presença na 1ª Vaquejada Dom Roxão.


A Agropecuária Bezerra esteve presente na 1ª Grande Vaquejada Dom Roxão, no Parque Acauã em Garanhuns-PE, onde expôs em seu stand a madeira de eucalipto tratada e com garantia de 15 anos nos mais severos usos. A madeira de eucalipto é um dos principais produtos comercializados pela agropecuária, bem como, toda a linha de ração da Guabi, empresa séria e renomada na produção de ração animal.

Venham conhecer os nossos produtos e fazer um orçamento, mesmo sem compromisso. Nossa loja fica na Rua Júlio Brasileiro Vila Nova, 932 – João da Mata – Garanhuns/PE. Ao lado da Academia VIP e a 100m do girador da saída para Bom Conselho.

Contato pelos números: (87) 3761.1088 e (87) 9.9960.5500. 

Oposição vai à OAB e MP contra uso eleitoral da Casa Militar.


O deputado Silvio Costa Filho (PRB), em nome da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), apresentou pedido para que o Governo do Estado preste esclarecimentos sobre as denúncias de utilização eleitoral da estrutura da Casa Militar nas eleições municipais deste ano. O suposto uso político da Casa Militar foi denunciado, na  semana passada, pelo ex-candidato a prefeito de Olinda pelo PSB, Antônio Campos, e reforçado pela ex-procuradora-geral do Estado Bianca Teixeira Avallone, que afirma ter acontecido a mesma coisa em Caruaru.

O líder da Oposição, durante pronunciamento na sessão desta segunda-feira, pediu à mesa diretora para que a segurança legislativa faça uma inspeção nos telefones dos gabinetes dos deputados da Oposição. “Se a Casa Militar age assim com um integrante do PSB, o que deve fazer contra os deputados da oposição ou contra qualquer cidadão que se posicione contrário ao Governo”, questionou Silvio.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

1ª Grande Vaquejada Dom Roxão.


1ª Vaqueja Dom Roxão, uma parceria do Parque Acauã e o Haras Brejo das Flores em Garanhuns-PE, que vem investindo profundamente na evolução da genética e tem no Cavalo Dom Roxão a consolidação desse trabalho.

A festa foi um grande sucesso em público e inscrições de vaqueiros com mais de 1400 duplas inscritas e uma premiação de R$ 200.000,00 (Duzentos Mil Reais).

Esse foi, realmente, um grande evento realizado pelo empresário Erlan Bezerra nos moldes da nova vaquejada e em um momento de indefinição quanto ao futuro dessa manifestação da cultura nordestina, o que serviu de referencia para outras festas.  

Fotos. 

Artistas reclamam de falta de pagamento do Governo de PE.


O vídeo divulgado pela cantora Irah Caldeira, em que denuncia a falta de pagamento do Governo de Pernambuco nos shows do São João, ganhou o apoio de mais artistas locais. O cantor Maciel Melo, através de suas redes sociais, se pronunciou sobre o caso, afirmando que compartilha a mesma indignação de Irah.

"Não há justificativa que me convença, de se contratar um artista ou qualquer profissional que seja, e demorar 5, 6, 7, 8 meses, e às vezes até um ano pra se pagar seu serviço prestado. Nós somos contratados pra bancar as festividades do governo do estado. Pois pagamos adiantado todos os custos para a realização dos eventos. Hospedagens, cachês de músicos, alimentação, transporte e tudo o mais que for necessário para que esses eventos sejam realizados", publicou Maciel Melo.

O forrozeiro também pediu que os artistas locais recebam o mesmo tratamento que os artistas de fora contratados pelo Governo do Estado para a realização de shows. "Está na hora de nos juntarmos e cobrar seriamente uma mudança na política cultural de Pernambuco. Somos nós que mantemos ela viva. Somos nós que alimentamos a permanência de nossas tradições. Somos nós que vivemos aqui. Se os artistas de fora vêm e recebem seus cachês em prazo curto, os nossos eram para serem mais curto ainda, afinal a verba que é destinada pra cultura sai dos nossos impostos, que são descontados pelo pé, depois de uma cansativa espera", escreveu.

sábado, 5 de novembro de 2016

Pernambuco é um verdadeiro cabide de emprego para as famílias Campos e Arraes.


Leia atentamente o texto abaixo e duvido que você não sinta vergonha da forma como manipulam os empregos para familiares dentro do governo do estado. Esta pesquisa foi feita em fevereiro deste ano, acredito que algum cargo possa ter sido mudado.

Os três, filhos de Miguel Arraes, são Ana Lúcia Arraes de Alencar, Luís Cláudio Arraes de Alencar e Marcos Arraes de Alencar.

Ana Arraes é advogada. Deputada federal pelo PSB por dois mandatos consecutivos. Foi nomeada ministra do Tribunal de Contas da União (TCU) pela presidenta Dilma Rousseff, em 26 de outubro de 2011.

Luís Cláudio é médico. Em fevereiro de 2011, cedido pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), assumiu a chefia do serviço de pesquisa da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobras), vinculada ao Ministério da Saúde. O ônus do salário é da UFPE. Luís Cláudio é ainda coordenador do Centro de Pesquisa Clínica do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip). O Imip, por meio de contrato com o governo de Pernambuco, gere quatro importantes hospitais da rede estadual: Metropolitano Miguel Arraes, Dom Hélder Câmara, Dom Malan e Pelópidas Silveira. Gere também seis Unidades de Pronto-Atendimento – as UPAs de Olinda,  Paulista, Igarassu, Barra de Jangada, Jaboatão Velho e Cabo de Santo Agostinho.

Marcos Arraes, administrador de empresas, também trabalha na Hemobras. Integra a diretoria executiva, ocupando o cargo de diretor administrativo-financeiro. Nos contratos feitos pela Hemobras, assina pela empresa como contratante. É também o presidente-substituto. Faz parte do Conselho Administrativo de duas estatais, participando apenas de uma reunião mensal. Durante os dois mandatos do ex-presidente Lula, foi chefe do escritório da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), em Brasília. A Finep é instituição vinculada ao Ministério de Ciência e Tecnologia, comandado de janeiro de 2004 a julho de 2005 por Eduardo Campos.

Renata Campos (esposa de Eduardo Campos) é economista e auditora concursada do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE). Aprovada quando o concurso era feito pelo próprio tribunal.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Armando Monteiro vê disputa familiar dentro do PSB.


O senador Armando Monteiro (PTB) avalia que as declarações de Antônio Campos sobre o PSB, esta semana, reforçam a percepção anteriormente exposta por lideranças da oposição. “O advogado Antônio Campos confirma que esse grupo hegemônico do PSB não tem um projeto para Pernambuco, mas um projeto de manutenção do poder a qualquer custo”, afirma o petebista.

De acordo com Armando, Antônio Campos deu uma clara indicação da subordinação do governador a alguns membros família Campos, sobretudo no que toca à administração e à orientação política. “O pronunciamento contribuiu para fortalecer a imagem de que o governador Paulo Câmara é tutelado pela família”, assinala o senador.  

Para Armando Monteiro, se constata, ao final, que o poder em Pernambuco virou objeto de disputa familiar. “Ao que parece se supõe que Pernambuco é um feudo. Será que essa é a melhor tradução da nova política a que tanto o PSB se refere?”, questiona o senador.

TRT condena PSB e empresários a indenizar família de piloto de Eduardo Campos.


O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-SP) condenou o PSB, a AF Andrade Empreendimentos e Participações e os empresários João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho e Apolo Santana Vieira, a pagarem débitos trabalhistas, mais indenizações por danos materiais e morais, à família do piloto Marco Martim que morreu a bordo da aeronave que caiu em 2014, em São Paulo, matando também o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos e outras cinco pessoas. A causa total está estimado em R$ 2 milhões. Defesa da família dos pilotos ainda aguarda julgamento da sentença do copiloto Geraldo Magela. 

Além dos débitos trabalhista, o juiz Samuel Batista de Sá, da 45ª Vara do TRT-SP, condenou partido e empresários por "omissão culposa", por contratarem pilotos sem a instrução necessária para pilotar a aeronave, afirmando ainda que Marcos Martins "estava submetido a uma forte pressão para dar conta do cumprimento da agitada agenda de compromissos do então candidato Eduardo Campos". 

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Irmão de Eduardo Campos expõe diferença entre famílias Arraes e Campos.


Derrotado na eleição para prefeito de Olinda, o advogado Antônio Campos (PSB), irmão de Eduardo Campos, convocou uma coletiva de imprensa nesta terça-feira e disparou contra dirigentes do partido, entre eles o governador Paulo Câmara e o prefeito reeleito do Recife, Geraldo Julio. As críticas mais duras foram direcionadas a Renata Campos, viúva do ex-governador.

"Não é só doutora Renata Andrade Lima Campos que tem autoridade para falar sobre essa família não. A questão de Renata é que ela não admite nada na vida que não seja Andrade Lima. Qualquer assunto que não seja (Andrade Lima) ela tem dificuldade de conviver. Ela foi contra a candidatura de minha mãe à deputada federal", disse, referindo-se à Ana Arraes, hoje ministra do Tribunal de Contas da União (TCU).

De acordo com Antônio Campos, Ana Arraes só saiu candidata porque Eduardo Campos defendeu a mãe. "Ela (Renata) acha que uma outra força que possa surgir na família pode fazer sombra a João Campos", reclamou.

Reconhecimento da Vaquejada como Patrimônio Cultural é aprovado em Comissão do Senado.



A Comissão de Educação, Cultura e Esporte  aprovou hoje (1º) o PLC 24/2016, de autoria do deputado Capitão Augusto (PR-SP), que eleva a vaquejada e o rodeio à condição de manifestações da cultura nacional e patrimônio cultural imaterial. A pedido do senador Otto Alencar (PSD-BA), foi aprovado caráter de urgência para sua análise pelo Plenário pelo Senado.

A proposta foi apoiada especialmente por senadores nordestinos, como José Agripino (DEM-RN), que vê a vaquejada como um esporte que vem se aprimorando, procurando poupar os animais de maus-tratos. A questão vem sendo debatida desde que o Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu recentemente a prática numa votação apertada, por 6 a 5.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Novembro Azul – Agora é a vez dos homens.


Depois do mês de outubro ser marcado pela campanha de mobilização para prevenção do câncer de mama, conhecida como Outubro Rosa, agora é a vez dos homens. O mês de novembro é internacionalmente dedicado às ações relacionadas ao câncer de próstata e à saúde do homem.

O câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e o de maior incidência nos homens. As taxas da manifestação da doença são cerca de seis vezes maiores nos países desenvolvidos.

Cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem em homens com mais de 65 anos. Quando diagnosticado e tratado no início, tem os riscos de mortalidade reduzidos. No Brasil, é a quarta causa de morte por câncer e corresponde a 6% do total de óbitos por este grupo.

A próstata é uma glândula que só o homem possui, localizada na parte baixa do abdômen. Situa-se logo abaixo da bexiga e à frente do reto. A próstata envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. Ela produz cerca de 70% do sêmen, e representa um papel fundamental na fertilidade masculina.

sábado, 29 de outubro de 2016

Quimioprevenção para barrar o câncer de mama.


Mulheres com risco elevado para desenvolver câncer de mama, por apresentarem lesões consideradas pré-cancerígenas, têm como opção recorrer à quimioprevenção, caracterizada pelo uso de medicamentos que vêm se mostrando eficazes para reduzir o risco de aparecimento da doença nos casos em que é alta a chance de tumor no seio. Ou seja, não são medicações indicadas para a população em geral, mas podem diminuir em cerca de 50% o risco da doença no grupo de mulheres cujas lesões nas mamas têm grande probabilidade de evoluir para um câncer. “É o caso da hiperplasia ductal atípica, condição em que células dos ductos mamários estão com formação alterada. Isso pode ser um passo para o aparecimento do tumor. Para essas pacientes, a quimioprevenção é uma alternativa e deve ser seguida por cinco anos”, explica o oncologista Rossano Araújo, da Oncoclínica Recife e do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc).

Dê vida a sua criatividade. A matéria prima a Agropecuária Bezerra fornece.


A Agropecuária Bezerra em parceria com a União Madeiras trás pra você a Madeira de Eucalipto com 15 anos de garantia. Dê assas a sua criatividade e inove na construção de cercas, currais, mourões, coberturas, telhados, brinquedos, playground e muito mais que a sua criatividade ou de seu arquiteto imaginar.

Agropecuária Bezerra, Av. Júlia Brasileiro Vila Nova, 932 – Boa Vista – Garanhuns/PE. Próximo ao girador para Bom Conselho. Venha visitar o nosso show-room ou ligue para a gente, 3761.1088 ou 99996.5500.  

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Crítica.


“Em muitas críticas que circulam na internet, eu aprendo muito mais sobre a pessoa que está criticando, do que sobre a ideia que está sendo criticada”.

O mundo contemporâneo e democrático descobriu o caráter construtivo e bom para o desenvolvimento de uma opinião que é a crítica. Críticas criam um ponto de divergência ao estabelecer uma analise e transforma a ausência de um ponto essencial em um ponto de vista. Nós vivemos, hoje, uma era onde a crítica se tronou tão forte que antes de existir a apreciação de qualquer coisa, de qualquer postagem na internet, de qualquer filme, de qualquer fato a apresentar, nós colocamos a crítica em primeiro lugar. A crítica é um passo importante na democracia. Nós lutamos muito para que pudéssemos ir a público e fazer críticas às ideias, aos nossos governantes, às pessoas na internet. Tudo isso é positivo, mais está na hora de pensar o quanto da minha crítica traduz a vontade de melhorar uma ideia, de aprofundar uma reflexão, de estabelecer com clareza o que realmente deve ser dito, de pensar na melhoria de qualquer coisa e o quanto da crítica simplesmente é a afirmação da minha vontade, o quanto da crítica é apenas o desejo que tenho de impor o meu orgulho ou de dizer aquilo que eu sei ou simplesmente atacar aquilo que me incomoda. Em muitas críticas que circulam na internet, eu aprendo muito mais sobre a pessoa que está criticando, do que sobre a ideia que está sendo criticada. Para cada dedo apontado para alguém, eu vejo com clareza três dedos apontados para mim. Pense antes de criticar, estabeleça uma crítica clara, aprofunde esta crítica que dever ser a mais construtiva possível e pense se no momento não seria melhor não faze-la, se não houver nada significativo a ser dito.


Agropecuária Bezerra.

video

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Desabafo de Padre repercute na Assembleia.


O desabafo do padre Arlindo, de Tamandaré, sobre a proposta que recebeu da Polícia Militar ao pedir reforço no combate à violência naquele município do Litoral Sul, foi motivo de pronunciamento do deputado estadual Álvaro Porto nesta quarta-feira (26.10) na Assembleia Legislativa.

Segundo declarações do pároco, viralizadas num áudio gravado no WhatsApp, coronéis a quem ele recorreu tentaram lhe convencer a se calar para não alarmar veranistas. Para o deputado, a atitude dos representantes da PM revela um aspecto que só agrava o fracasso da política de segurança pública em Pernambuco.

“Senhoras e senhores, para quem devemos apelar quando quem deveria garantir segurança tenta convencer um padre a mentir? A quem recorrer quando a ordem no Estado é fantasiar que está tudo bem, enquanto moradores e veranistas são vítimas de bandidos?”, questionou Porto. “Se não chegamos ao fundo do poço, não sabemos mais onde iremos parar com esse tipo de segurança que prefere esconder fatos e enganar o povo”, completou.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Descaso do Poder Público.


Uma conquista para os usuários da BR 423, a lombada eletrônica que teria como missão diminuir os acidentes no trecho conhecido como curva da Laranjeira em Garanhuns sentido Brejão está jogada ao léu numa prova, incontestável, do descaso do poder público com o bem do Estado.

Foi uma luta incessante do Deputado Estadual Álvaro Porto para conseguir que o Governo do Estado, através do DER aloca-se o equipamento de controle de velocidade para aquela artéria. Contudo, após a instalação de parte do equipamento não se viu mais nenhuma ação dos órgãos competentes e a tão sonhada lombada sequer foi ativada. O pior: os acidentes de abarroamento aumentaram em detrimento de alguns condutores de veículos que passam constantemente no local não diminuem a velocidade, pois sabem que o radar está desligado e os motoristas esporádicos no trecho que diminuem a velocidade por não saberem que o aparelho não está em funcionamento causando, desta forma, vários sinistros, que até agora, graças a Deus, estão sendo registrados apenas danos materiais.

Outro fato lamentável é que o material colocado na via por não está em funcionamento, nota-se que alguns vândalos estão destruindo de forma irresponsável, gerando maior descontentamento em quem acreditou que a solução para a diminuição de tantas mortes havia chegado à curva da Laranjeira.

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Onde mesmo está o rombo das contas públicas?


Servidores públicos realizaram, nesta segunda (24), vários atos públicos no intuito de discutir a realidade das contas públicas do nosso país.

Comparando-se as receitas federais realizadas em 2015 e as despesas federais pagas em 2015, constata-se uma “sobra” de recursos da ordem de R$ 480 bilhões – quase meio trilhão de reais. Ou seja, tal valor aparece do lado das receitas realizadas, mas não há indicação de onde teria sido gasto. Os recursos da Seguridade Social foram mais que suficientes para cobrir as despesas com Previdência social, Saúde e Assistência Social e ainda sobraram dezenas de bilhões! O maior gasto é com a dívida pública, que tem crescido por conta dos diversos mecanismos quer geram emissão de volumes crescentes de mais dívida. O Banco Central tem sido o maior responsável pelo gasto com remuneração da sobra de caixa dos bancos e swaps cambiais.

Ajuste Fiscal para pagar dívida – Corte de serviços públicos, corte de direitos sociais, corte de investimentos públicos geradores de emprego, privatizações, aumento de tributos e outras medidas drásticas que afetam profundamente a vida das pessoas e a economia do País têm sido justificadas pela necessidade de pagar a chamada dívida pública, tanto em âmbito federal com estadual e até municipal.

Projetos cortam direitos sociais para destinar recursos para a dívida – Diversos projetos reduzem investimentos sociais para destinar mais recursos ao pagamento de juros da chamada dívida pública, por exemplo:

sábado, 22 de outubro de 2016

Em Catende, prefeito preso por corrupção renuncia ao cargo.


Afastado do cargo há quatro meses, o prefeito afastado de Catende, Otacílio Alves Cordeiro (PSB), escreveu uma carta-renúncia abdicando do cargo. Preso desde junho, ele foi alvo da Polícia Civil na Operação Tsunami e é acusado de liderar organização criminosa e fraudar licitações. Com o afastamento dele, o vice-prefeito Josibias Cavalcanti (PSD) assumiu o cargo de forma interina e agora tomará posse em caráter definitivo. Ele foi reeleito e vai comandar a cidade da Mata Sul por mais quatro anos.

Atualmente, o prefeito afastado cumpre prisão domiciliar. Na carta, datada da última quarta-feira (19), o político afastado diz que foi uma "decisão sofrida" renunciar ao posto e tem "caráter irrevogável". O documento foi registrado em cartório.

Segundo a Câmara dos Vereadores, o pedido de renúncia foi protocolado na quinta-feira (20) e o vice-prefeito Josibias Cavalcanti tomará posse na segunda-feira (24). O professor Josibias Cavalcanti foi eleito aos 88 anos, com 39,32% dos votos (7.556 dos votos válidos). Ele já governou a cidade por duas vezes.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Quadro da Santa Ceia vira cenário para divulgação de concurso.


O quadro da Santa Ceia do pintor italiano Leonardo Da Vinci inspirou um dos organizadores do Miss Bumbum 2016, Cacau Oliver, numa alusão, no mínimo absurda para a divulgação da final do concurso. Usaram a obra como modelo para elaborar o convite e divulgar o concurso de beleza.

A tela original de Da Vinci representa a última refeição de Jesus com os seus apóstolos, um momento sagrado para a Igreja Católica. Já na foto de divulgação do evento, as modelos foram colocadas em volta de uma mesa, repetindo a cena da obra de arte.

Criatividade “0” e falta de respeito “10”.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Relatório da ONU conclui que meninas são chave para progresso de países em desenvolvimento.


Os países em desenvolvimento podem acabar desperdiçando seus "booms" demográficos se não melhorarem a educação e os direitos básicos das meninas, advertiu nesta quinta-feira o Fundo de População da ONU (UNFPA) em seu relatório anual.

As meninas são menos propensas a completar a escola e mais a ser submetidas a casamentos de conveniência, trabalho infantil, mutilação genital e outras práticas que impedem que desenvolvam todo o seu potencial, afirma o relatório apresentado em Londres.

Por sua vez, se as meninas forem apoiadas antes de chegar à adolescência, os países em desenvolvimento podem colher os frutos econômicos de tais medidas, afirmou o UNFPA (em suas siglas em inglês).

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

O Deputado Jorge Côrte Real se manifesta a favor das Vaquejadas.




Nos últimos dias, nos deparamos com essa resolução do Supremo Tribunal Federal (STF), que julgou inconstitucional o Projeto de Lei que regulamentava a prática do esporte no Estado do Ceará.

Tal decisão define a tradicional vaquejada como sendo uma prática ilegal em nosso país.

Isso é muito ruim, não apenas para Pernambuco, mas para todo o Nordeste.
Essa medida interfere diretamente na cultura nordestina, pois a prática da vaquejada nos leva a nossas origens, lembrando ainda que afetará, principalmente, os cidadãos que de forma direta ou indireta, dependam desse esporte.

É importante registrar, que o tradicional esporte mobiliza as pessoas, gera emprego e renda e já faz parte da economia do nosso estado.

Em Pernambuco, antes da referida decisão do STF, o Ministério Público, juntamente com a Associação Brasileira de Vaquejadas, firmaram parceria com a finalidade de proteger e defender os animais que são utilizados nos eventos.

“Como deputado federal votado em todo o estado de Pernambuco, estou preocupado e desde já me engajo nessa luta. Hoje pela manhã, assinei a *Frente Parlamentar de Apoio a Vaquejada*, e estou empenhado em todas as ações possíveis que venham a melhorar e resolver de uma vez por todas, esse problema”. Diz Côrte Real.

video



Paulo André Rabêlo
Chefe de Gabinete
Deputado Jorge Côrte Real.

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Pernambucanos reagem contra a proibição da vaquejada.


Um protesto na manhã desta terça-feira (11) contra a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STF) em considerar inconstitucional uma Lei no Ceará que regulamenta a prática de vaquejadas no Estado tomou as ruas do bairro do Prado, na Zona Oeste da Região Metropolitana do Recife (RMR). Os manifestantes ficaram concentrados no Jockey Clube de Pernambuco e saíram pela Avenida Abdias de Carvalho com destino à BR-232 e de lá seguiram sentido Caruaru, no agreste do Estado.

Na última quinta-feira (6), uma resolução do STF tornou ilegal a lei cearense 15.299/2013, que regulamentava a prática no estado. Com essa determinação, a vaquejada passou a ser considerada uma atividade associada aos maus-tratos a animais e, consequentemente, pode ser proibida em todo Brasil.

Empregos

Só de empregos diretos são gerados 150 mil, mais 650 mil indiretos. A proibição dá espaço para clandestinidade. Existe um Termo de Cooperação Técnica junto ao poder público para evitar os maus tratos e esse compromisso é um balizador de como devem ser as vaquejadas.

Outros protestos estão sendo organizados pelo interior do Estado de Pernambuco, como no município de Cachoeirinha, onde são produzidos acessórios usados em vaquejadas. Pessoas ligadas ao movimento em Caruaru, Carpina, Garanhuns e Petrolina também se juntam contra a decisão do STF. Já em sessão na Câmara, em Brasília, o deputado federal pernambucano João Fernando Coutinho defendeu a prática deste evento nessa segunda-feira (10).

Acreditamos que esta Lei não vá se expandir para outros estados da Federação, haja vista que a Vaquejada é considerada um esporte e faz parte das tradições culturais de um povo. O mesmo já vimos na Espanha quando órgãos ligados à defesa dos animais, tentaram proibir as touradas. Diga-se de passagem, um esporte mais violento e cruel terminando, quase sempre, com a morte do animal em plena arena. E lá não conseguiram êxito por chocar com as tradições do País. Queremos crê que o mesmo acontecerá em relação à Vaquejada. 

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Entenda o que muda com a aprovação da PEC 241.




A proposta de emenda à Constituição (PEC 241), conhecida como PEC do Teto dos Gastos Públicos, foi aprovada em 1º turno da Câmara neste. Considerado pelo governo Michel Temer como o primeiro passo para superar a crise econômica e financeira do país, o texto limita por 20 anos os gastos federais ao orçamento do ano anterior corrigido pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Apenas para 2017 o limite orçamentário das despesas primárias – aquelas que excluem o pagamento de juros da dívida – será o total gasto em 2016 corrigido por 7,2%. A regra vale tanto para gastos do Executivo quanto para despesas do Senado, Câmara, Tribunal de Contas da União, Ministério Público da União (MPU), Conselho do MPU, Defensoria Pública, Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça, Conselho Nacional de Justiça e justiças do Trabalho, Federal, Militar, Eleitoral e do Distrito Federal.

Diretor da Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara, Ricardo Volpe afirma que o grande ponto de impasse é sobre a visão do papel do Estado. “Hoje estamos com o maior histórico de despesa publica, com 20% do PIB. A gente quer que continue crescendo ou quer que diminua ou estabilize?”, questionou.

Advogado passa mal e julgamento de Eduardo da Fonte é adiado no STF.

   
A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) adiou nesta terça-feira (11) o julgamento do recebimento da denúncia contra o deputado federal pernambucano Eduardo da Fonte (PP) por crime de corrupção passiva. O advogado do parlamentar, Hamilton Carvalhido, passou mal durante a sessão.

Caso o STF decida receber a denúncia, Eduardo da Fonte será o terceiro congressista no exercício do mandato a responder a uma ação penal perante o STF no âmbito da Operação Lava Jato. Antes dele, viraram réus a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o deputado Nelson Meurer (PP-PR).

ROBERTO ALMEIDA: JANDUHY BEZERRA AGRADECE AOS ELEITORES DE BREJÃO

ROBERTO ALMEIDA: JANDUHY BEZERRA AGRADECE AOS ELEITORES DE BREJÃO: O empresário Janduhy Bezerra, que disputou a eleição em Brejão pelo PTB, faz questão de agradecer aos quase  três mil  moradores do munic...

sábado, 8 de outubro de 2016

Voto vendido é voto perdido.


A compra de voto é um crime eleitoral mais visível nas cidades pequenas, com um menor número de habitantes, portanto, mais facilidade do candidato assediar esse eleitor com migalhas que lhes custarão quatro anos sem o direito de cobrar, nada, do político que o corrompeu.

Falando em cobrar, você sabe quais foram as propostas de governo do seu candidato? Você sabe o que irá cobrar na gestão que ajudou a eleger?

A venda de voto é mais séria do que se imagina. E lhes garanto: você, que vendeu o seu voto, não tem direito nenhum de cobrar nada da nova administração por que o seu direito já foi pago.

Só nos resta esperar que todos os cidadãos que não venderam o seu voto e até mesmo aqueles que venderam e talvez se arrependam um dia, cobrem dos eleitos que exerçam seus mandatos para satisfação dos interesses coletivos e nunca os pessoais. 

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

A toda Família 14.


Nós, que com orgulho lideramos, organizamos e dirigimos os passos da Família 14 nestes 45 dias de festa, vimos agradecer a cada uma das pessoas que entendeu as nossas intenções, a cada um que acreditou que ao nosso lado teriam expectativas de dias melhores; queremos agradecer a todos que vestiram a camisa Azul, a cada um que vestiu a nossa ideia. Pois juntos fizemos a mais bela e honesta campanha.

Nas nossas visitas sentíamos a sinceridade no olhar das pessoas, sentíamos o carinho e compreensão às nossas propostas. Tratamos todos com respeito, até mesmo aqueles que sabíamos serem contra a nossa causa.

Acreditamos termos exercido a verdadeira Democracia, respeitando o direito do cidadão, sem opressão, sem compra de dignidade, sem ameaça.

O nosso pula-pula com as músicas empolgantes mexeu, até, com aqueles mais frios de emoção, mexeu até mesmo com os adversários político.

A Família 14 é isso: é trabalho, compromisso e respeito. E assim continuaremos!

sábado, 1 de outubro de 2016

A farsa é maior do que parece!


Queremos nos desculpar com os nossos leitores por havermos publicado uma matéria sobre a Pesquisa Fraudulenta realizada em Brejão tendo como mentor o ex-prefeito que quer voltar ao poder a todo custo. A todo custo mesmo!

Publicamos que o endereço da empresa de pesquisa em Garanhuns era falso porque não haver nenhum indício da existência de filial, escritório ou até mesmo a própria empresa.

A farsa é ainda maior! Além de não existir nada com relação a empresa A.C. Pesquisa e Representação Comercial Ltda-ME em Garanhuns, o endereço em Osasco/SP também é falso. Conseguimos levantar que no endereço de Osasco funciona um restaurante.

Olha a que ponto chegou o nosso opositor. Não teve se quer respeito com os seus militantes e eleitores. Quando divulgaram a Pesquisa vimos pessoas alienada pulando, cantando, soltando fogos, buzinando, parecia mais que tinham incorporado à alegria da família 14. Uma verdadeira festa ao estilo Onda Azul.

Como estão estas pessoas hoje? Não acredito que ao saberem que foram usadas e ridicularizadas pelo político a quem seguiam não se sintam envergonhadas com tamanha falta de consideração. O que comentam entre elas? Será que terão coragem de encarar outras pessoas em defesa de um voto para essa fraude? Será que terão a coragem de vestir uma camisa amarela sabendo que estão sendo coniventes com esta farsa?

Somos defensores da honestidade, do respeito, da amizade é por isso que somos a “Família 14”. E podem ter certeza que estamos solidários com as pessoas que foram, verdadeiramente, enganadas e envolvidas neste ato de desonestidade. 

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Juiz Eleitoral proíbe em definitivo a divulgação de Pesquisa fraudulenta em Brejão.


Já havíamos anunciado, agora a Justiça Eleitoral comprovou!

Dia 29.09.2016 a Pesquisa fraudulenta foi suspensa por Liminar impetrado pela Coligação “Um novo tempo. Uma nova história”, acatada, de imediato pelo Juiz Eleitoral que entendeu haver indícios de irregularidade na divulgação da referida pesquisa.

Hoje, 30 de setembro, o Juiz da 92ª Zona Eleitoral Dr. Enéas Oliveira da Rocha entendeu por proibir definitivamente qualquer divulgação em todos os meios de comunicação, haja vista irregularidades comprovadas conforme segue:

Publicado em 30/09/2016 no Publicado no Mural, vol. 17:26
Coligação Frente Popular de Brejão
Advogado: Renato Vasconcelos Curvelo - OAB/PE nº 19086
Pedido de revogação de liminar suspensiva
Representação Nº 242-35.2016.6.17.0092
DECISÃO
Trata-se de pedido de providências da Coligação Um Novo Tempo. Uma Nova História para suspender, liminarmente, a divulgação da pesquisa eleitoral registrada sob o número PE-04833/2016, realizada pela empresa A. C. PESQUISA E REPRESENTAÇÃO COMERCIAL LTDA.-ME, CNPJ nº 74.331.356/0001-44, tendo como contratante da pesquisa SANDOVAL CADENGUE DE SANTANA.
Da análise das informações contidas nos autos, verifiquei que os elementos necessários ao controle da regularidade da referida pesquisa não estavam presentes em sua totalidade, sobretudo número de fac-símile para notificação e endereço para exame de planilhas, mapas ou equivalentes, razão pela qual, considerando a relevância do direito invocado, vez que a Justiça Eleitoral não realiza previamente controle sobre as pesquisas eleitorais, mas deve assegurar aos partidos políticos, coligações e ao Ministério Público Eleitoral direito de acesso ao sistema interno de controle, à verificação e à fiscalização de coleta de dados, concedi a liminar pleiteada determinando a suspensão da divulgação da mencionada pesquisa.
A Coligação Frente Popular de Brejão, em 29.09.2016, protocolizou expediente informando o endereço e o número do fac-símile da sede da empresa em Osasco-SP, bem como o endereço e o telefone da referida empresa aqui em Garanhuns, argumentou que as objeções apresentadas pela Coligação Um Novo Tempo. Uma Nova História não se sustentam, vez que a indicação do nível social dos entrevistados e o registro da empresa no Conselho Federal de Estatística não constituem requisitos obrigatórios para o registro da pesquisa. Quando à alegação de divulgação antecipada do resultado da pesquisa, arguiu que a questão encontra-se superada pelo decurso tempo.
Por fim, invocando o ¿periculum in mora inverso", requereu a revogação da medida liminar suspensiva.
Fornecido o endereço da empresa aqui em Garanhuns - Av. Djalma Dutra, 503, Heliópolis -, determinei a sua notificação para, querendo, apresentar defesa nos autos desta representação. Entretanto, as certidões de fls. 29/30 dão conta de que no endereço informado não foi encontrada nenhuma referência de que ali existisse filial, escritório ou extensão da empresa A. C. PESQUISA E REPRESENTAÇÃO COMERCIAL LTDA.-ME, CNPJ nº 74.331.356/0001-44, restando frustrada, por duas vezes, a tentativa de notificação da referida empresa.
Pelo exposto, persistindo a dificuldade de contactar a empresa de pesquisa, bem como de ter acesso ao sistema interno de controle para verificação e fiscalização dos dados coletados, em razão da exiguidade do tempo para novas diligências e considerando a possibilidade de prejuízo de difícil reparação, bem como objetivando assegurar a lisura das eleições, CONVERTO A DECISÃO LIMNAR CONCEDIDA PARA, EM DEFINITIVO, PROIBIR A DIVULGAÇÃO DA PESQUISA REGISTRADA SOB O Nº PE-04833/2016.
Intimem-se a coligação requerente, a empresa responsável pela pesquisa, bem como a Coligação Frente Popular de Brejão, Sandoval Cadengue de Santana e Eleisabeth Barros de Santana.
Garanhuns, 30 de setembro de 2016.
Enéas Oliveira da Rocha
Juiz da 92ª Zona Eleitoral

Conclusão:

a) Atentem que a fraude já começa pelo endereço da empresa em Garanhuns onde se constatou não existir nenhum indício de existência de filial, escritório, e muito menos de empresa de pesquisa.

b) A pesquisa já vinha sendo anunciada a sua publicação a mais de uma semana. Porque tinham tanta certeza no resultado positivo da mesma?

c) É muita burrice esperar que alguém acredite que a oposição somou mais de 2.000 votos de 2012 para 2016, até mesmo pelo grande fracasso que tiveram nas Eleições de 2014, para Presidente, Senador, Deputado Federal e Estadual onde perderam para todos os candidatos de Ronaldo Ferreira e, ainda mais, que temos a diminuição do número de eleitores após a Biometria.

Carreata da Vitória - Onda Azul - 29.09.2016.

Arrastão da Onda Azul - 29.09.2016.

Encerramento da Campanha Onda Azul 29.09.2016.

Encerramento da Campanha de Janduhy Bezerra e Paulo Moraes.


Nesta quinta (29) a Onda Azul fechou com chave de ouro a Campanha Vitoriosa de Janduhy e Paulo. Foram dias de alegria, descontração e muito pula-pula. Não esquecemos, também, de mostrar ao nosso povo, o trabalho árduo que o Prefeito Ronaldo Ferreira enfrentou durante toda a sua gestão, para trazer obras para Brejão, obras como a reforma e ampliação da Unidade Mista de Saúde Alice Figueira; reforma e ampliação dos PSFs da Curica, Imbé e Vila Ferreira; construção de uma UBS no Mamoeiro e outra na Vila de Santa Rita; construção da Academia da Saúde; obras como a Escola Municipal Mirna Calado Tenório com recursos próprios e ainda, a reforma de todas as Escolas da Rede Municipal, tanto do prédio como de todas as carteiras, lousas e outros; obras de reforma da Creche Firma de Santana e início da construção da nova Creche, embargada pelos Vereadores de Oposição; aquisição com recursos próprios de uma Ambulância Doblo, um Trator de pneus com equipamentos, uma Doblo para o TFD e um Fiat Palio para atender ao Bolsa Família; obra de urbanização da entrada principal de Brejão, onde já está pronto o recapeamento asfáltico; recuperação de toda a extensão da calçada da Rua de Bom Conselho com tijolos Intertravados; entre outras obras e ações que beneficiaram a todos os moradores de Brejão.

A Onda Azul, formada em sua essência, pela Família 14 já deixa um misto de saudades e a certeza de dias melhores para o nosso povo. O nosso recado foi transmito a cada morador, as nossas esperanças também, a nossa insatisfação com governos passados ficou bastante evidente em nossos comícios, as nossas propostas e compromissos estão incutidos nas mentes de cada um.

Somos assim. somos alegria, compromisso, respeito e cobrança.

Somos Família, filhos do mesmo ideal, parte dos mesmos sonhos e tão infinito quanto o universo, pois somos do tamanho que queremos ser.


“Nós somos a FAMÍLIA 14”.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Pesquisa Eleitoral. Mais uma mentira para iludir o povo.


Vamos relembrar alguns pontos da Eleição de 2012 para Prefeito e Vereadores e o que está acontecendo, hoje, em Brejão.

Números:

Eleitorado de Brejão em 2012 – 8.951 eleitores
Eleitorado de Brejão em 2016 – 8.592 eleitores
Houve uma diminuição de 359 eleitores após a Biometria.
Votaram em 2012 – 7.122 eleitores
Branco – 147 eleitores
Nulo – 528 eleitores
Percentual que estão dizendo ter hoje – 64,67% dos votos.

Vamos para a matemática:

8592 x 64,67% = 5.556 são os votos que dizem ter hoje, se 100% dos eleitores votarem, sem descontar os votos nulos e brancos.

Em 2012 com o eleitorado de 8.951 tiveram 3.482 votos.

A diferença dos votos que dizem ter hoje com a que tiveram em 2012 dá 2.074.

Conclusão:

A prova incontestável da manipulação da PESQUISA está neste aumento de 2.074 votos de 2012 para 2016. O que justificaria eles aumentarem 2.074 votos? E todo o trabalho feito por Ronaldo em Brejão não somou nada. Ou melhor, só perdemos?

Estão subestimando a inteligência do povo.

As mentiras:

- Mentiram para o seu eleitor quando o ex-prefeito se disse candidato já sabendo que o seu passado político e a Justiça os condenariam;
- Mentiram na eleição de 2012 quando apresentaram uma outra pesquisa manipulada, ganhando com sobra de Ronaldo Ferreira. O que aconteceu? Perderam;
- Mentem, agora, com uma nova pesquisa grosseira e fácil de qualquer pessoa constatar mais uma manipulação, quando dizem ter 64,67% dos votos válidos.
- Continuam mentindo quando apresentam uma candidata, quando todos sabem que ela serve apenas de suporte para o ex-prefeito voltar ao poder.

As manifestações nas ruas e sítios mostram outro senário bastante diferente desta pesquisa.

Continuamos com a nossa campanha respeitando o eleitor e sendo reconhecido pelos esforços que o Prefeito Ronaldo fez para beneficio do povo de Brejão e com a campanha limpa e sem mentiras que Janduhy Bezerra vem fazendo.

A Família 14 está convicta da manipulação desta pesquisa e segui unida e forte como sempre.

Obs.: Quem conhece como funciona uma pesquisa sabe que o contratante é quem diz os quesitos a serem pesquisados. É muito fácil você manipular o resultado de uma pesquisa, principalmente quando você é quem está pagando. Não acreditamos em uma MICROEMPRESA de Pesquisa e Representação Comercial de Osasco/SP (A.C. Pesquisa e Representação Comercial Ltda –ME) que ninguém conhece.