sexta-feira, 28 de abril de 2017

Até que ponto uma Emissora de TV manipula a opinião pública?


A história contemporânea do Brasil está marcada por inúmeros fatos que determinaram e determinarão os desígnios da nossa sociedade, implantando conceitos, principalmente, em nossos jovens formadores de opiniões. No entanto o que mais nos assusta é a forma de manipulação que veículos de comunicação impõem diariamente neste nicho da sociedade, violando os seus conceitos de patriotismo.

Quando do movimento em prol do impeachemant da Presidenta Dilma Rouseff várias categorias da nossa sociedade, a despeito da classe dita elitizada, que se vangloriou ao acender e apagar as luzes dos seus luxuosos apartamentos e baterem panelas, tudo transmitido ao vivo pelas emissoras de televisão, sentiram-se orgulhosos em ajudar a destituir um governo de forma abrupta e impiedosa. Mas alguns deles já estão arrependidos e caladinhos.

Os movimentos eram diários e sem horário para iniciar e findar. Tudo era aceito, não importando o dia da semana, desde que fosse para minimizar a imagem da Presidenta Dilma.

Para, principalmente, a Rede Globo aquilo era o ápice de sua manipulação desvairada. Alguns dos seus jornalistas, a despeito de Alexandre Garcia, apareciam no topo dos seus pedestais, muitas das vezes inglórios, mas enrustidos em suas redomas de intelectualidade bradando de forma eloquente a necessidade da derrubada de um governo, aos seus olhos, inconcebível para o Brasil.

Armando comemora delegação da BR-423, mas vai cobrar empenho do Estado.


O senador Armando Monteiro (PTB) comemorou a parceria do governo federal com o Estado para a duplicação da BR-423, no trecho que liga os municípios de São Caetano a Garanhuns, no Agreste. O anúncio foi feito na quinta-feira (27), durante visita do ministro dos Transportes, Maurício Quintella, a Pernambuco. O petebista afirmou que vai acompanhar e fiscalizar a realização desse convênio para que o projeto saia do papel, um desejo antigo da região. A obra está empenhada há mais de três anos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Para a duplicação do trecho entre São Caetano e Garanhuns, que compreende cerca de 80 quilômetros de extensão, o governo federal vai bancar a maior parte dos recursos: 80% do orçamento previsto. O Estado vai arcar com apenas os 20% restante. A benfeitoria está orçada em quase R$ 90 milhões.

A duplicação da BR-423 é uma luta antiga do senador Armando Monteiro, que está empenhado em colaborar para que a obra se torne uma realidade. Em outubro de 2013, o petebista esteve em audiência com o então ministro dos Transportes, César Borges, para tratar da benfeitoria. À época, Borges oficializou a Armando que estava sendo revisado o anteprojeto para publicar o edital de licitação.

A obra da duplicação foi inserida no PAC e o senador Armando Monteiro acompanhou junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes de Pernambuco (DNIT-PE) o andamento do projeto. A previsão é que o DNIT-PE publique a licitação até o final deste ano.

Para garantir recursos à duplicação da BR-423, o senador Armando Monteiro apresentou ao Orçamento Geral da União (OGU) uma emenda de bancada com valor de R$ 100 milhões. Do total, o governo aprovou o valor de R$ 17.833.395 milhões para ser reservado à obra.


quinta-feira, 27 de abril de 2017

Governador se explica novamente sobre reforma Trabalhista.


Depois de gravar um vídeo para o Palácio do Planalto defendendo a reforma Trabalhista e depois de afirmar que orientou os governadores do PSB a votarem contra essa mesma reforma, o governador Paulo Câmara (PSB) usou o Facebook para falar novamente sobre o tema. Esse foi o terceiro dia seguido em que o socialista se explicou sobre o assunto.

No texto, Paulo Câmara diz que já vem defendendo a necessidade de reformas há algum tempo e destaca que elas devem ocorrer "a partir de movimentos que garantam direitos dos trabalhadores, que cortem efetivamente privilégios e que não prejudiquem os mais vulneráveis".

O Governador também afirma que alguns comentários têm buscado "deturpar" suas palavras e que por isso precisou prestar um novo esclarecimento sobre o assunto.

"Venho deixar claro meu posicionamento sempre a favor da proteção do bem estar e dos direitos de quem mais precisa. Uma posição que o PSB sempre defendeu durante sua história", afirma.

Olha... esse Governador está mais Cômico do que o Deputado Federal por Pernambuco Severino Cavalcante quando, em anos passados, assumiu a Presidência da Câmara... quem lembra?

quarta-feira, 26 de abril de 2017

'Não é nada demais alguém trabalhar até 65 anos', diz relator.


O relator da reforma da Previdência na Câmara, deputado Arthur Maia (PPS-BA), disse nesta terça-feira (25) não ver "nada demais" no fato de brasileiros, "ainda mais funcionários públicos", terem de trabalhar até os 65 anos, idade mínima prevista na proposta para que homens possam se aposentar. A declaração foi dada durante bate-papo ao vivo na página oficial do Facebook da Câmara.

"Não estamos proibindo ninguém de se aposentar, mas, se a pessoa quiser, porque pode, se aposentar com integralidade, tem de ir até os 65 anos, que, diga-se de passagem, hoje não é nada demais alguém trabalhar até os 65 anos, ainda mais funcionário público", afirmou o relator durante a transmissão, ao responder pergunta de um internauta sobre regras de aposentadoria para servidores públicos.

Este Blog:

Até acreditamos que um funcionário público possa trabalhar até os 65 anos. Me parece que o relator está trabalhando em uma reforma direcionada apenas aos funcionários públicos. Mais não é! A Lei será criada para todos os tipos de profissionais. Aí perguntamos: um trabalhador braçal do tipo Pedreiro, Ajudante de Pedreiro têm condições de aos 65 anos carregar um saco de cimento pesando 50 kg nas costas? Um Gari aos 65 anos tem condição de correr atrás de um caminhão recolhendo o lixo doméstico nas cidades? E tantas outras profissões que requerem esforço físico e que sabemos que uma pessoa próximo de... ou completando 65 anos não tem condições de exercer, como poderão chegar à idade máxima para ter uma aposentadoria integral?

Este relator deputado Arthur Maia (PPS-BA), apresenta, no mínimo, argumento medíocre e descabido para justificar a aprovação de uma reforma previdenciária totalmente injusta para o trabalhador brasileiro.

Postura pró-reforma da Previdência do governador repercute na internet.


A nota do governador Paulo Câmara (PSB) em que ele reafirma o apoio à reforma da Previdência e discorda da posição do seu partido de fechar questão contra a proposta do governo Michel Temer (PMDB) teve repercussão nas redes sociais.

O internauta Ícaro Soriano acusou o governador de demagogia e disse que o PSB deveria expulsar Paulo Câmara, que é vice-presidente nacional da legenda.

Em entrevista à Rádio Jornal, o deputado federal Danilo Cabral (PSB), que foi secretário de Planejamento e Gestão do governo Paulo Câmara e é contra as reformas, afirmou que a decisão da executiva nacional da legenda era soberana e quem se posicionasse contra ela poderia ser expulso.

"O estatuto permite até a expulsão dos parlamentares que não seguirem a decisão da direção", afirmou Danilo Cabral.

O PSB vai ter coragem?

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Oposição aponta obras paradas e alta violência no Agreste.


Arthur Marrocos/Assessoria de Imprensa



A bancada de oposição na Assembleia Legislativa (Alepe) fez um panorama das atividades da gestão de Paulo Câmara (PSB) no Agreste do estado e pontuou “obras paradas, promessas não cumpridas e serviços precários” durante a terceira rodada do projeto “Pernambuco de Verdade”. A iniciativa é um contraponto ao “Pernambuco em Ação” do governo. O grupo passou a quarta-feira (19) em Garanhuns e visitou, entre outros equipamentos, as instalações do aeroporto, o terreno onde deveria o Hospital Regional Mestre Dominguinhos e a Funase.
No balanço das atividades, a oposição reclamou da ausência da nova unidade hospitalar da cidade que, segundo o colegiado, tem sobrecarregado Hospital Regional Dom Moura. O Mestre Dominguinhos foi promessa de campanha de Paulo Câmara em 2014. “A sobrecarga na unidade compromete o atendimento e os casos de maior complexidade terminam precisando ser transferidos. Infelizmente, esse tem sido a realidade que temos encontrado na saúde pública do Estado”, lamentou a deputada Socorro Pimentel (PSL). 

Polícia Civil de Pernambuco adere à paralisação geral do dia 28.


Os Policiais Civis de Pernambuco devem parar por 24h no próximo dia 28 deste mês. Esta foi a decisão da classe reunida em uma assembleia na noite desta quarta-feira (19). De acordo com os dirigentes do Sindicato que representa os profissionais no Estado (Sinpol), a manifestação é contra as reformas econômicas defendidas pelo governo federal e se integrará à paralisação geral programada para o dia 28. A decisão da paralisação foi definida apesar de recente entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) contrário à greve de policiais no Brasil. Além da Polícia Civil, metroviários e bancários de Pernambuco também decidiram parar as atividades.

“Somos contra a reforma da Previdência, contra a reforma trabalhista, contra a terceirização irrestrita. Por isso, vamos parar e se juntar às demais categoria de trabalhadores, contra esta pauta de retrocessos”, afirmou o presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros. O líder sindical acredita que as reformas não serão benéficas para os trabalhadores. “São medidas que vão tirar os direitos dos trabalhadores e participaremos ativamente dos atos para barrar essa pauta”, analisou.

Ação pede cassação do prefeito de Abreu e Lima.


Encontra-se em curso na Justiça Eleitoral uma Ação de Investigação contra o prefeito de Abreu e Lima, Marcos José da Silva, conhecido por pastor Marcos José (PSB) e seu vice, Marcos Peixoto de Siqueira, por abuso de poder econômico e político. Quem deu entrada no pedido de investigação foi a candidata que ficou em segundo lugar na disputa, Katiana Gadelha (PDT). A disputa na cidade foi bastante acirrada e a diferença nas urnas foi de 114 votos.

A denúncia é que a vitória do prefeito pode ter sido fruto da compra de votos, distribuição de praças de táxi e contratações temporárias durante o período de eleições, o que é vedado pela lei eleitoral.

Se ficar comprovado que houve crime, as sanções podem ser cassação do diploma e inelegibilidade. 

A ação, nº 1-43.2017.6.17.0145, está em tramitação na 119º Zona Eleitoral, em Abreu e Lima. Procurado, o Ministério Público de Pernambuco afirmou que o processo corre em segredo de Justiça. A reportagem apurou que o promotor eleitoral ainda não se pronunciou sobre o caso.

Procurada, a assessoria da prefeitura afirmou que a oposição não aceita a derrota e que o jurídico tem respondido às demandas solicitadas.

Deputados do PMDB articulam saída do partido.


Com o partido fortemente atingido pela lista de Fachin, deputados do PMDB começam a articular a saída da legenda. Pelo menos seis dos 64 integrantes da bancada, a maior da Câmara, admitiram à reportagem que já conversam com outras siglas para onde possam migrar.

Segundo eles, o número de parlamentares que devem deixar o PMDB é maior, pois muitos preferem manter a articulação sob sigilo. O próximo período previsto para mudança partidária sem risco de perder o mandato é em março de 2018, seis meses antes das eleições.

Entre os motivos apresentados estão os efeitos da Operação Lava Jato no eleitorado, reforçado pela lista de inquéritos autorizados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin com base nas delações da Odebrecht, que atingiu oito ministros do governo Michel Temer. Dos 98 investigados da lista, 17 são do PMDB.

Lula é o presidenciável com maior potencial de votos, afirma Ibope.


Pesquisa inédita do Ibope mostra que o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) voltou  ser o presidenciável com maior potencial de voto entre nove nomes testados pelo instituto. Pela primeira vez desde 2015, os eleitores que dizem que votariam nele com certeza (30%) ou que poderiam votar (17%) se equivalem aos que não votariam de jeito nenhum (51%), considerada a margem de erro. Desde o impeachment de Dilma Rousseff, há um ano, a rejeição a Lula caiu 14 pontos.

A pesquisa foi feita antes de vir a público a lista do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), com as delações de executivos da Odebrecht que acusaram o ex-presidente de corrupção, junto com dezenas de outros políticos. Se a divulgação das denúncias prejudicou a imagem de Lula (e de outros denunciados), não houve tempo de isso ser captado pelo Ibope.

domingo, 16 de abril de 2017

Pernambuco registrou, em média, 18 assassinatos por dia em março.



As estatísticas de violência em Pernambuco não param de assustar. Pelo quarto mês consecutivo, os números ultrapassam recordes históricos e desafiam o Governo do Estado. Segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS), 548 assassinatos foram registrados em Pernambuco no mês de março (média de 18 por dia). Um resultado nunca visto na história do Pacto pela Vida. Em mais de dez anos, os resultados ainda não haviam se aproximado de uma marca tão negativa. Até então, o recorde era de 498 homicídios – contabilizados em fevereiro deste ano.
Em apenas três meses, Pernambuco já registrou 1.522 assassinatos. O Interior do Estado é a região que apresenta dados mais preocupantes. No total, 828 mortes, sendo 295 somente no mês de março. Na capital pernambucana, 240 homicídios no primeiro trimestre deste ano. No último mês, 96. Nos outros municípios que compõem o Grande Recife, houve o registro de 545 homicídios, sendo 157 em março.
Se não houver um freio, segundo estimativas, o Estado pode terminar o ano com mais de 6 mil assassinatos. Até então, o recorde é de 4.634 – número registrado no ano de 2006.

Às vésperas da divulgação do novo balanço da violência em Pernambuco, o Governo do Estado se apressou em divulgar um “novo plano” de segurança. Explico as aspas: boa parte das ações anunciadas como novidade pelo governador Paulo Câmara já estão sendo implementadas há anos, como os concursos das polícias Civil e Científica. No primeiro dia do seu governo, em 2015, ele confirmou que as seleções seriam realizadas, previstas desde o segundo mandado do governo Eduardo Campos. E todas já estão em andamento desde o início do ano passado – a maioria em fase final.

O número de novas vagas para delegados, inclusive, são menores do que se esperava. Em 2011, o então secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, anunciou na Assembleia Legislativa de Pernambuco que 200 novos delegados seriam incorporados à segurança estadual. O tempo passou, o assunto morreu. Em 2014, houve a promessa de 100 – mantida até a semana passada, quando o governador Paulo Câmara afirmou que seriam 140 vagas. Vale lembrar que há muitas delegacias, principalmente no Interior, que não têm delegados titulares. E há profissionais que acumulam duas ou até três delegacias.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Armando acerta na Codevasf perfuração de poços no Sertão.



A presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, assegurou ao senador Armando Monteiro, em audiência, nesta quarta-feira (12), a perfuração de poços em 14 municípios do Sertão, para atenuar os graves efeitos da seca que há seis anos castiga a região. “A ação da Codevasf é fundamental para minimizar as consequências desastrosas da estiagem”, assinalou o senador pernambucano.

Kênia informou a Armando que a Codevasf já está perfurando poços em vários municípios do agreste, região em que, lembrou a ela o senador petebista, os efeitos da seca são mais amplos, pela densidade populacional e pela alta dependência da água de várias atividades produtivas locais, como a produção de jeans e a avicultura.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

“Boa vontade” é o que falta aos nossos políticos.

Água do Rio São Francisco - Monteiro-PB

Há poucos dias vimos à alegria estampada nos rostos dos nordestinos que vivem as intemperes do sertão, mais especificamente os moradores da cidade de Monteiro na Paraíba, com a chegada das águas da transposição do Rio São Francisco, obra iniciada no Governo do então Presidente Lula, que beneficiará moradores de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará.

Pois bem. Tivemos outro grande evento alusivo à água para servir ao povo, desta feita em nossa querida Brejão... é que o Governador do Estado veio até o Município inaugurar a tão famosa e badalada Caixa D’água, com destaque nos principais Blog da região.

O grande evento, contudo, foi ofuscado com a exibição de um programa de auditório da Rede Globo, onde o seu apresentador conseguiu aumentar a sua audiência com uma bela lição de moral ao vir até o nosso Estado e na cidade de Inajá, mais especificamente, no povoado “Caldeirão” e presentear aquela comunidade com um Poço Artesiano, mostrando que com boa vontade se ameniza o sofrimento do povo do sertão nordestino que clama, em sua maioria, por água. E na inauguração do poço ainda teve um show com o cantor alagoano “Mano Walter”. 
                                                                                         
É um tanto quanto constrangedor se saber que se as autoridades políticas tivessem boa vontade, amenizariam o sofrimento de pessoas humildes e esquecidas nos rincões dos sertões. O solo, em sua maioria, é rico em lençóis d’água subterrâneos, o que possibilita a perfuração de poço com um percentual muito grande de jorrar este precioso líquido.

Nos períodos de eleições, nos palanques enfeitados dos políticos, após rápida sondagem das necessidades da localidade pelos assessores do parlamentar a promessa mais descabida é a perfuração de poços para levar água de qualidade ao povo... pura ilusão à caça de um voto. 

segunda-feira, 10 de abril de 2017

O Deputado Estadual Álvaro Porto em defesa de Pernambuco.


A crise utilizada pelo Governo do Estado para justificar limitações da gestão de Paulo Câmara não tem impedido contratações de cargos comissionados.

Apresentei na ALEPE um levantamento que ​​mostra que mais de 300 nomeações foram feitas entre novembro de 2016 e março deste ano pelo Governo do Estado. O Palácio do Campo das Princesas vem se transformando num generoso abrigo de partidários do poder, entre estes estão filiados do PSB ou de partidos aliados, como os ex-prefeitos de Paulista, Ives Ribeiro, e de Moreno, Adilson Gomes Filho. Há ainda, entre outros nomes, os candidatos a prefeito derrotados em Jaboatão, Heraldo Selva, e em Garanhuns, Sivaldo Albino.

Como não se incomodar com os mais de R$ 2 milhões mensais empregados para agradar parceiros, se as polícias seguem carentes de estrutura e de equipamentos, servidores penam para conseguir condições dignas para exercer suas funções e gente continua a morrer por falta de atendimento e medicamento na rede estadual?

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Paixão de Cristo de Nova Jerusalém faz 50 anos e investe em novidades


Um sonho que nasceu da pedra, cuja construção se mistura à história de um município, transformando-a, consolidando-se como o maior espetáculo ao ar livre do mundo. A Paixão de Cristo de Nova Jerusalém inicia sexta-feira (7), com sessão para convidados, e sábado (8) para o público geral, o 50º ciclo de apresentações na cidade-teatro idealizada por Plínio Pacheco.

A Paixão de Cristo de Nova Jerusalém tem vocação de grandeza associada ao seu DNA. Afinal, construir uma cidade cenográfica de 100 mil metros quadrados, no Agreste pernambucano, com mais vontade do que finanças, era, por si só, um ato de coragem e visão.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

TSE inicia na terça-feira julgamento que pode cassar mandato de Temer.


Marcado para começar na terça-feira (4), o julgamento que pode cassar o mandato do presidente da República, Michel Temer (PMDB), tende a ser longo e vai colocar no centro do debate uma série de questões jurídicas que poderão mudar a jurisprudência da Corte Eleitoral. Será a primeira vez que os ministros vão se debruçar sobre mandato de um presidente da República em um julgamento.

Caso a maioria vote pela condenação da chapa presidencial eleita em 2014, o resultado poderá ser a convocação de eleições indiretas menos de um ano após o impeachment de Dilma Rousseff.

Planalto conta com um pedido de vista para paralisar o processo.

O presidente do tribunal, ministro Gilmar Mendes, definiu um calendário de sessões extras ao longo da semana no intuito de esgotar a discussão do processo, mas o ministro Napoleão Nunes já sinalizou que deve pedir mais tempo de análise para se debruçar sobre o caso. O Planalto conta com um pedido de vista para paralisar o processo.

"Ipojuca mostra que está sintonizada com os ventos da mudança em Pernambuco", comemora Armando.


Comemorando a importante vitória da prefeita eleita Célia Sales (PTB) na eleição suplementar em Ipojuca, realizada neste domingo (2), o senador Armando Monteiro (PTB) destacou que o resultado das urnas mostra que o município está sintonizado com os ventos de mudança em Pernambuco. O líder petebista enfatizou que a vitória é do povo ipojucano, que entendeu que deveria construir um novo tempo para o município. Célia conquistou 31010 votos.

"Quem ganhou foi o povo de Ipojuca, não um partido ou um grupo político. O povo de Ipojuca entendeu que deveria tomar nas mãos o seu destino e construir um novo tempo. Um tempo em que a gestão municipal vai estar verdadeiramente sintonizada com as aspirações do povo de Ipojuca", celebrou Armando Monteiro. "A vitória da nossa prefeita Célia Sales mostra que Ipojuca está sintonizada com os ventos da mudança em Pernambuco", completou o petebista.

Armando Monteiro afirmou que Ipojuca pode fazer justiça a uma mulher guerreira, que tem compromisso e amor pela terra. "Vencida essa etapa foi uma das mais belas páginas da história política de Ipojuca. Foram muitas dificuldades que tivemos ao longo do caminho, muitos percalços e desafios. Tudo isso valoriza ainda mais esse momento", disse o senador.

Passado o momento vitória nas urnas, Armando Monteiro salientou que é tempo de trabalhar para corresponder à expectativa da população. O senador se colocou à disposição para, junto com a prefeita eleita Célia Sales e equipe, escrever uma nova história no município. "Vamos todos arregaçar as mangas com o desafio maior que é corresponder à expectativa do povo, fazendo uma grande gestão. Uma gestão inovadora e transformada. Contem com esse time. Vamos juntos escrever aqui esse novo tempo", enalteceu.

Armando também fez uma homenagem ao ex-vereador Romero Sales (PTB). "Eu quero homenagear a figura de um grande líder de Ipojuca, um homem guerreiro, que é o companheiro Romero Sales. Nos honra ter nos quadros do partido Romero e a prefeita Célia Sales", disse.


Diversas lideranças estaduais comemoram a vitória de Célia, como o presidente estadual do PTB, o deputado José Humberto Cavalcanti (PTB), o líder da oposição na Assembleia Legislativa, o deputado Silvio Costa Filho (PRB), os deputados estaduais Bispo Ossésio (PRB) e Joel da Harpa (PTN), o deputado federal Ricardo Teobaldo (PTN), dentre outros nomes.

domingo, 2 de abril de 2017

Professor Paulo Moraes cumpre agenda no Município.


O grupo de oposição de Brejão liderado pelo Professor Paulo Moraes, recebeu em Garanhuns a visita do Deputado Estadual Bispo Ossesio Silva (PRB), dentre os temas da conversa, se falou dos problemas que afligem o Estado e sobre o "Pernambuco de Verdade". Depois o grupo segui com a agenda para outro almoço na casa da amiga Ivone Teixeira na Lagoa Seca zona rural de Brejão e finalizou o dia agradecendo aos amigos da cidade de Brejão que nos confiaram o voto e a esperança de dias melhores.

sábado, 25 de março de 2017

Família 14, firme e forte.


Neste sábado (25), algumas das lideranças políticas da Família 14 se reuniram na casa da nossa amiga Mauricea Moraes para um almoço de confraternização e atualização do momento político que vive Brejão, Pernambuco e o nosso grandioso Brasil. São sempre bons os encontros da Família 14 que se traduz em um clima de harmonia e de renovação dos laços de amizade.

Nova Administração, o que mudou em Brejão?


Passamos um período sem postar matérias referentes à nossa querida Brejão, até mesmo para não parecer que estávamos sendo revanchistas com o resultado das eleições. Quem votou em A ou B só o tempo vai dizer se acertou ou não.

Com o tempo parado podemos acompanhar o desenrolar dos três primeiros meses da nova administração de Brejão, nada de surpresa: os empregos prometidos para algumas famílias eram apenas promessas de campanha; água para todas as comunidades, promessa de palanque; secretarias para os aliados, promessa de pé de ouvido; salários parcelados, lembrando que quando Ronaldo Ferreira assumir em 2013 pagou os salários dos professores referentes ao mês de dezembro de 2012, da administração passada, integral e sem estardalhaço; não fizeram festa comemorativa à Emancipação Política, no entanto criticavam o governo de Ronaldo por acharem que deveria haver mais festas no Município; podaram árvores sem o menor critério, esqueceram-se do barulho que fizeram quando a administração de Ronaldo optou por podar uma árvore, na Praça Capitão Américo, que poderia vir a cair a despeito de uma outra que já havia caído e que por milagre não causou nenhum dano material ou pessoal.

Ao invés de estarem resolvendo os problemas do Município, estão mais preocupados em mudar a cor das escolas e de alguns azulejos da unidade de Saúde Alice Figueira, quando deveriam estar preocupados com o atendimento nesta Unidade de saúde e nos PSFs na zona rural que estão penalizando a população que deles precisam com a falta de médicos e dentistas. 

Lembramos que o ex-prefeito Ronaldo Ferreira construiu duas novas UBS, uma em Santa Rita e outra na Baixa da Lama e restaurou e ampliou os PSFs da Curica, Vila Ferreira e Imbé, terminou e deixou funcionando o PSF do Mandacaru e restaurou toda a Unidade de Saúde Alice Figueira.

Até agora nada de positivo para o Município e muito menos para os Munícipes... nenhuma surpresa.

domingo, 22 de janeiro de 2017

Matéria tendenciosa tenta denigrir a imagem de ex-prefeito de Brejão.

Marcelo Jorge em matéria publicada no seu blog mostra claramente ideias tendenciosas ao idolatrar a família Cadengue e há muito tempo publicar o que lhes convém. Seria interessante se o caro jornalista antes de publicar tais matérias visitasse o Município de Brejão e averiguasse que todo esse lixo exposto nas ruas da cidade foi deixado pelo ex-prefeito e pai da atual prefeita e que todo esse material já não tinha condições de uso quando a administração de Ronaldo Ferreira assumiu em 2013. Seria também interessante se o blogueiro fizesse uma matéria mostrando os ônibus novos e todas as carteiras escolares novas que Ronaldo disponibilizou aos alunos da rede municipal, bem como a recuperação de todos os prédios das escolas municipal. O jornalismo tem que ser sério e ético para que o povo tenha a informação correta e imparcial e não unilateral como vem sendo feito.

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Paulo Câmara e mais três políticos do PSB Pernambucano investigados no STF por irregularidades na Arena Pernambuco


O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), o prefeito reeleito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), o deputado federal Tadeu Alencar (PSB) e o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) estão sendo investigados no Supremo Tribunal Federal (STF) por suposto envolvimento em ilicitudes no superfaturamento da Arena de Pernambuco, construída para a Copa do Mundo de 2014 no município de São Lourenço da Mata pela construtora Odebrecht. Os nomes dos socialistas vieram à tona após a revista Istoé ter acesso a documentos despachados pelo Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot.

No despacho, Janot determina à PF a realização de uma nova perícia contábil para apurar o dano ao erário proveniente dos contratos e o depoimento de quatro colaboradores, sendo dois da Odebrecht (Maria Lúcia Tavares e Angela Palmeira Ferreira) e dois da Andrade Gutierrez (Clóvis Primo e Rogério Nora de Sá).

A delação de Marcelo Odebrecht, executivo da empreiteira, poderá ser homologada ainda neste mês e trazer ainda mais clareza às investigações. Todos os políticos citados, exceto Geraldo Júlio, receberam doações das empreiteiras relacionadas durante o período eleitoral. Os socialistas pernambucanos, na época da construção da Arena, faziam parte da Parceria Público-Privada (PPP) para construção do empreendimento e faziam a festa com o dinheiro público. 

O caso foi desmembrado e está sob a relatoria do ministro Teori Zavascki, no STF, e a cargo da Justiça Federal de Pernambuco, que irá apurar o envolvimento de empresários no esquema. No supremo, tudo segue em sigilo.

Trecho extraído do JC Online.

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

VENDO 3 CHÁCARAS

Imagem meramente ilustrativa. 


Ótima oportunidade para residir ou laser. Medindo aproximadamente 7.000m², toda cercada, com bastante fruteiras, água encanada e energia elétrica. Há 1 Km da BR 423 pelo acesso a Vila de Santa Rita e localizando-se no entroncamento para o Pesqueiro São Luiz na Sambaíba, Município de Brejão-PE. Tratar pelos fones: (87) 3761.1088 ou (87) 9.9960.5500. Preço a combinar. 

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

TRF5 arquiva denúncia contra envolvidos da Operação Turbulência.


Por uma questão formal, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) arquivou a denúncia de formação de uma organização criminosa contra todos os envolvidos na Operação Turbulência. Com a decisão da Segunda Turma do TRF, não há no momento nenhuma acusação formal contra os empresários, segundo a defesa. O Ministério Público Federal (MPF) ainda pode apresentar uma nova acusação mais a frente.

A defesa alegou que o MPF errou ao denunciar os empresários pela organização criminosa, sem acusá-los também por lavagem de dinheiro. O TRF entendeu que não pode haver organização criminosa sem outro crime que a justifique. Para a defesa, o pedido buscava apenas manter a prisão preventiva contra os empresários. Um novo inquérito aberto pelo MPF investiga mais detalhes sobre a suspeita de lavagem de dinheiro.

A Operação Turbulência investiga a formação de uma organização criminosa para lavagem de dinheiro. O esquema teria financiado campanhas do PSB. Os recursos teriam ajudado a financiar o avião usado na campanha presidencial do ex-governador Eduardo Campos.

Os empresários Apolo Vieira, João Carlos Lyra Pessoa, Eduardo "Ventola" Freire Bezerra Leite, Arthur Roberto Rosental foram detidos em junho, mas todos já estão em liberdade, após um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal (STF). Um dos alvos da operação, Paulo César Morato foi encontrado morto em um motel de Olinda após ingerir chumbinho. A delegada Gleide Ângelo, da Polícia Civil, concluiu que a morte foi suicídio.

A denúncia do MPF cita o ex-governador Eduardo Campos e o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) como "clientes" do esquema. Como tem foro privilegiado, o senador não é alvo da denúncia. Segundo o socialista, as alegações da denúncia são "absolutamente imprecisas".

COMENTÁRIOS

POR ALBERTO,09/11/2016
O povo tem o que merece... estão encobrindo os podres da Família Campos para fazer a casadinha de Paulo para Renata Campos ...em 2018.... estão preparando o circo para eles assistirem muito bem acomodados com a grana da arena Pernambuco, cidade da copa, da refinaria, brts, o show dos palhaços de Pernambuco : O POVO .... QUE JA COMEÇOU DE NOVO COM GERALDO....

POR ISSO É BRASIL! JUSTIÇA SÓ PARA ALGUNS!,08/11/2016

Essa é a justiça brasileira! É................só mesmo o povo de Pernambuco para erradicar do poder o PSB em 2018, pois não esperemos que o judiciário ou legislativo venham a fazer. Enquanto isso, vamos pagando as contas da Arena de Pernambuco, Cidade da Copa, BRTs...........e outras obras inconclusas ou desnecessárias aos pernambucanos!
Do JC Online

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Agropecuária Bezerra

Agropecuária Bezerra marcou presença na 1ª Vaquejada Dom Roxão.


A Agropecuária Bezerra esteve presente na 1ª Grande Vaquejada Dom Roxão, no Parque Acauã em Garanhuns-PE, onde expôs em seu stand a madeira de eucalipto tratada e com garantia de 15 anos nos mais severos usos. A madeira de eucalipto é um dos principais produtos comercializados pela agropecuária, bem como, toda a linha de ração da Guabi, empresa séria e renomada na produção de ração animal.

Venham conhecer os nossos produtos e fazer um orçamento, mesmo sem compromisso. Nossa loja fica na Rua Júlio Brasileiro Vila Nova, 932 – João da Mata – Garanhuns/PE. Ao lado da Academia VIP e a 100m do girador da saída para Bom Conselho.

Contato pelos números: (87) 3761.1088 e (87) 9.9960.5500. 

Oposição vai à OAB e MP contra uso eleitoral da Casa Militar.


O deputado Silvio Costa Filho (PRB), em nome da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), apresentou pedido para que o Governo do Estado preste esclarecimentos sobre as denúncias de utilização eleitoral da estrutura da Casa Militar nas eleições municipais deste ano. O suposto uso político da Casa Militar foi denunciado, na  semana passada, pelo ex-candidato a prefeito de Olinda pelo PSB, Antônio Campos, e reforçado pela ex-procuradora-geral do Estado Bianca Teixeira Avallone, que afirma ter acontecido a mesma coisa em Caruaru.

O líder da Oposição, durante pronunciamento na sessão desta segunda-feira, pediu à mesa diretora para que a segurança legislativa faça uma inspeção nos telefones dos gabinetes dos deputados da Oposição. “Se a Casa Militar age assim com um integrante do PSB, o que deve fazer contra os deputados da oposição ou contra qualquer cidadão que se posicione contrário ao Governo”, questionou Silvio.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

1ª Grande Vaquejada Dom Roxão.


1ª Vaqueja Dom Roxão, uma parceria do Parque Acauã e o Haras Brejo das Flores em Garanhuns-PE, que vem investindo profundamente na evolução da genética e tem no Cavalo Dom Roxão a consolidação desse trabalho.

A festa foi um grande sucesso em público e inscrições de vaqueiros com mais de 1400 duplas inscritas e uma premiação de R$ 200.000,00 (Duzentos Mil Reais).

Esse foi, realmente, um grande evento realizado pelo empresário Erlan Bezerra nos moldes da nova vaquejada e em um momento de indefinição quanto ao futuro dessa manifestação da cultura nordestina, o que serviu de referencia para outras festas.  

Fotos. 

Artistas reclamam de falta de pagamento do Governo de PE.


O vídeo divulgado pela cantora Irah Caldeira, em que denuncia a falta de pagamento do Governo de Pernambuco nos shows do São João, ganhou o apoio de mais artistas locais. O cantor Maciel Melo, através de suas redes sociais, se pronunciou sobre o caso, afirmando que compartilha a mesma indignação de Irah.

"Não há justificativa que me convença, de se contratar um artista ou qualquer profissional que seja, e demorar 5, 6, 7, 8 meses, e às vezes até um ano pra se pagar seu serviço prestado. Nós somos contratados pra bancar as festividades do governo do estado. Pois pagamos adiantado todos os custos para a realização dos eventos. Hospedagens, cachês de músicos, alimentação, transporte e tudo o mais que for necessário para que esses eventos sejam realizados", publicou Maciel Melo.

O forrozeiro também pediu que os artistas locais recebam o mesmo tratamento que os artistas de fora contratados pelo Governo do Estado para a realização de shows. "Está na hora de nos juntarmos e cobrar seriamente uma mudança na política cultural de Pernambuco. Somos nós que mantemos ela viva. Somos nós que alimentamos a permanência de nossas tradições. Somos nós que vivemos aqui. Se os artistas de fora vêm e recebem seus cachês em prazo curto, os nossos eram para serem mais curto ainda, afinal a verba que é destinada pra cultura sai dos nossos impostos, que são descontados pelo pé, depois de uma cansativa espera", escreveu.

sábado, 5 de novembro de 2016

Pernambuco é um verdadeiro cabide de emprego para as famílias Campos e Arraes.


Leia atentamente o texto abaixo e duvido que você não sinta vergonha da forma como manipulam os empregos para familiares dentro do governo do estado. Esta pesquisa foi feita em fevereiro deste ano, acredito que algum cargo possa ter sido mudado.

Os três, filhos de Miguel Arraes, são Ana Lúcia Arraes de Alencar, Luís Cláudio Arraes de Alencar e Marcos Arraes de Alencar.

Ana Arraes é advogada. Deputada federal pelo PSB por dois mandatos consecutivos. Foi nomeada ministra do Tribunal de Contas da União (TCU) pela presidenta Dilma Rousseff, em 26 de outubro de 2011.

Luís Cláudio é médico. Em fevereiro de 2011, cedido pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), assumiu a chefia do serviço de pesquisa da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobras), vinculada ao Ministério da Saúde. O ônus do salário é da UFPE. Luís Cláudio é ainda coordenador do Centro de Pesquisa Clínica do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip). O Imip, por meio de contrato com o governo de Pernambuco, gere quatro importantes hospitais da rede estadual: Metropolitano Miguel Arraes, Dom Hélder Câmara, Dom Malan e Pelópidas Silveira. Gere também seis Unidades de Pronto-Atendimento – as UPAs de Olinda,  Paulista, Igarassu, Barra de Jangada, Jaboatão Velho e Cabo de Santo Agostinho.

Marcos Arraes, administrador de empresas, também trabalha na Hemobras. Integra a diretoria executiva, ocupando o cargo de diretor administrativo-financeiro. Nos contratos feitos pela Hemobras, assina pela empresa como contratante. É também o presidente-substituto. Faz parte do Conselho Administrativo de duas estatais, participando apenas de uma reunião mensal. Durante os dois mandatos do ex-presidente Lula, foi chefe do escritório da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), em Brasília. A Finep é instituição vinculada ao Ministério de Ciência e Tecnologia, comandado de janeiro de 2004 a julho de 2005 por Eduardo Campos.

Renata Campos (esposa de Eduardo Campos) é economista e auditora concursada do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE). Aprovada quando o concurso era feito pelo próprio tribunal.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Armando Monteiro vê disputa familiar dentro do PSB.


O senador Armando Monteiro (PTB) avalia que as declarações de Antônio Campos sobre o PSB, esta semana, reforçam a percepção anteriormente exposta por lideranças da oposição. “O advogado Antônio Campos confirma que esse grupo hegemônico do PSB não tem um projeto para Pernambuco, mas um projeto de manutenção do poder a qualquer custo”, afirma o petebista.

De acordo com Armando, Antônio Campos deu uma clara indicação da subordinação do governador a alguns membros família Campos, sobretudo no que toca à administração e à orientação política. “O pronunciamento contribuiu para fortalecer a imagem de que o governador Paulo Câmara é tutelado pela família”, assinala o senador.  

Para Armando Monteiro, se constata, ao final, que o poder em Pernambuco virou objeto de disputa familiar. “Ao que parece se supõe que Pernambuco é um feudo. Será que essa é a melhor tradução da nova política a que tanto o PSB se refere?”, questiona o senador.